90 anos de BMW Motorrad

É a nossa vez de agradecer.

A BMW Motorrad faz 90 anos - é um motivo verdadeiro para celebrar. Mas a celebração não é apenas nossa. Não teríamos chegado até aqui sem todos os amigos da BMW Motorrad que permanecem tão fiéis ao longo dos anos e representaram apaixonadamente a marca BMW. Revive 90 anos de paixão, 90 anos de inovação e 90 anos de progresso aqui nesta página especial. Aproveita!

Os anos 20

As bases estão lançadas.

Ir para webspecial

Max Friz - o inventor do motor bicilíndrico oposto.

Max Friz - o inventor do motor bicilíndrico oposto.

O dia 2 de janeiro de 1917 assinala a génese da primeira moto BMW. Nesse dia, o engenheiro de 33 anos Max Friz junta-se à BMW. Pouco tempo antes, o bávaro tinha deixado o seu trabalho anterior, em Estugarda, após conflitos com o seu antigo patrão Paul Daimler. Uma reviravolta feliz nos acontecimentos para a BMW, como se provou.

O Tratado de Versalhes, assinado a 28 de junho de 1919, proibiu que a Alemanha fabricasse aviões e motores para aviões. O futuro da BMW parecia, no mínimo, incerto. Porém, Max Friz, agora responsável de design na BMW, aproveita a oportunidade e centra a sua atenção nas motos. Em dezembro de 1922, apenas 4 semanas depois de receber a sua tarefa, Friz termina o desenho completo da primeira moto BMW. O elemento central da moto é um novo design de motor: o bicilíndrico oposto da BMW.

+ Leia mais

Os anos 30

A BMW causa furor nas pistas da Europa.

Ir para webspecial

Os anos 40

Avançar com um espírito pioneiro.

Ir para webspecial

Um regresso com a R 24

A primeira moto BMW do pós-guerra foi concebida em Munique com base numa moto pré-guerra. A empresa recomeça tudo – ainda que com dificuldades – utilizando máquinas-ferramenta emprestadas por outras empresas. A licença de fabrico concedida pelos Aliados só autoriza a empresa a produzir motos monocilíndricas até aos 250 cc. Os projetos estão prontos no verão de 1948, mas a primeira BMW R 24 só sai da linha de montagem pouco antes do Natal desse ano. Tem um motor de 247 cc, com 12 cavalos de potência. A BMW Motorrad constrói mais 10 mil no ano seguinte. Esse número aumenta para 17 mil um ano mais tarde.

A ciclística da antiga R 23 recebe agora um motor monocilíndrico modernizado com um avanço de ignição controlado centrifugamente. Outra novidade é a transmissão de quatro velocidades com pedal das mudanças de roquete. A BMW tem um regresso muito bem-sucedido com a R 24 e a moto recebe rapidamente honras especiais: os batedores do presidente alemão Theodor Heuss recorrem a uma frota composta pelas R 24.

+ Leia mais

Os anos 50

R 68 – a conquistadora das 100 milhas.

Ir para webspecial

Os anos 60

As motos BMW em todo o mundo.

Ir para webspecial

Os anos 70

Uma inovação: carenagem completa

Ir para webspecial

Nascida num túnel de vento: a R 100 RS.

Nascida num túnel de vento: a R 100 RS.

A R 100 RS foi a primeira moto de produção da BMW Motorrad com carenagem completa de série desenvolvida em túnel de vento. A finalidade principal da carenagem era melhorar a aerodinâmica enquanto protegia o motociclista do vento e das condições meteorológicas. Além disso, a R 100 RS foi a primeira moto BMW com uma cilindrada de 1000 cm3. Com uma velocidade máxima 200 km/h, este modelo também se destaca pela sua velocidade. No entanto, ao contrário das motos da concorrência, o condutor da R 100 RS pode sentar-se numa posição direita e descontraída atrás da carenagem, mesmo a altas velocidades. Para a BMW, este modelo representa o nascimento da moto de sport-turismo.

+ Leia mais

Os anos 80

Um novo segmento: enduros touring.

Um novo segmento: enduros touring.

Depois de entrar na competição de todo-o-terreno, a BMW modifica a bem-sucedida moto de todo-o-terreno e apresenta uma moto dual-sport de produção em 1980: a BMW R 80 G/S. G significa "Gelände" (=fora de estrada), S de "Strasse" (=estrada). Uma característica em particular faz furor: o primeiro monobraço oscilante do mundo, o Monolever BMW, com a roda traseira montada apenas num lado. Este modelo cria um novo segmento de motos de turismo de aventura grandes e confortáveis, um pilar do negócio de motociclos da BMW até aos dias de hoje.

No início dos anos 80, a BMW envia o pacote boxer. Para o deserto. A BMW ganha o rali mais difícil no mundo com a ajuda do francês Hubert Auriol, apelidado de "o Africano" devido aos seus talentos de navegação. Auriol repete o sucesso em 1983. Em 1984 e 1985, o belga Gaston Rahier adiciona o seu nome à lista de vencedores numa BMW.

+ Leia mais

O nascimento de um novo segmento.

Ir para webspecial

Os anos 90

BMW Motorrad: inovações impressionantes.

Ir para webspecial

Os anos 00

De regresso aos circuitos.

Ir para webspecial

Atualmente

A tua vida é uma viagem.

Ir para webspecial
Mais histórias que poderão interessar-te.
Motociclos aptos.