A unidade de comando BMS-X deteta que a roda traseira está a derrapar, ao comparar a velocidade da roda dianteira e traseira através dos sensores de ABS e dos dados fornecidos pelo sensor de velocidade angular (sensor de inclinação). Neste caso, a unidade de comando do motor inicia uma redução adequada do binário de transmissão diminuindo a posição de ignição, intervindo na injeção de combustível e alterando a posição da válvula do acelerador.
Ao contrário do que acontecia nos anteriores sistemas ASC da BMW Motorrad, o Controlo de Tração Dinâmico (DTC) também utiliza um conjunto de sensores para determinar o nível de inclinação e controlar o comportamento da moto. Como o DTC atua de acordo com os diferentes Modos de Condução, é possível garantir sempre a máxima segurança em qualquer situação.
Embora o Controlo de Tração Dinâmico seja uma ajuda preciosa para o condutor e representa uma grande melhoria da segurança, não pode, tal como acontece com o ABS, redefinir as limitações impostas pelas leis da física. Uma má avaliação ou uma condução descuidada pode exceder estes limites e, em casos extremos, pode provocar uma queda. No entanto, o DTC (Controlo de Tração Dinâmico) ajuda-te a tirar mais partido das opções de condução dinâmica, sempre com a máxima segurança. Contudo, em situações especiais, como por exemplo em competição, o DTC (Controlo de Tração Dinâmico) pode ser desativado.
+ Leia mais

Ainda mais tecnologia em pormenor