A suspensão dianteira Duolever, do ponto de vista cinético, é composta por um paralelograma no qual existem dois trapézios de aço forjado que estão ligados ao quadro através de rolamentos. Estes guiam a bainha da forquilha extremamente resistente à torção composta por alumínio fundido por vazamento que se assemelha visualmente a uma forquilha tradicional. Um amortecedor central, que está ligado à parte inferior dos dois trapézios e fixado no quadro, realiza as funções de suspensão e o amortecimento.
Uma articulação tipo tesoura em formato trapezoidal, que está fixada à coluna de direção e à bainha da forquilha, recebe depois o guiador. Isto transmite o movimento de direção. Ao contrário das forquilhas telescópicas, a construção Duolever dispensa a utilização bainhas fixas e deslizantes. Além disso, separa as funções de direção e amortecimento de forma mais consistente do que o comprovado Telelever. Devido a esta separação da direção e da suspensão, o condutor beneficia de um nível máximo de conforto e de aderência à estrada, com uma prestação inigualável.
A vantagem desta suspensão dianteira, a mais inovadora até agora no mercado das motos, é a sua rigidez de torção. A suspensão dianteira Duolever da BMW Motorrad não é influenciada pelas forças negativas da mesma forma que uma forquilha telescópica convencional, onde as bainhas e deslizantes sofrem uma torção lateral e longitudinal durante os movimentos de compressão/expansão das molas e direção. Os dois trapézios absorvem as forças resultantes da compressão/expansão, mantendo a estabilidade da bainha deslizante. Evita-se assim qualquer tipo de torção obtendo uma grande precisão da suspensão dianteira. A resposta da direção é imediada e a leitura da roda dianteira é bastante precisa em qualquer tipo de estrada.
Também se obtém um efeito anti-afundamento cinemático, como acontece com o Telelever, devido a uma colocação bem concebida dos rolamentos de ligação. Enquanto uma forquilha telescópica convencional ressalta muito ou “esgota” nas travagens mais fortes, o Duolever ainda dispõe de curso suficiente para estas situações e, assim, o condutor pode travar muito mais tarde, mantendo a estabilidade da direção em curva.
Com o Duolever, a manobra para evitar perdes de direção da roda dianteira durante a condução sobre superfícies irregulares pode tornar-se semelhante ao comportamento de uma forquilha telescópica. Conjugando as reduzidas massas não suspensas e as pequenas forças de separação do sistema, obtém-se uma resposta mais sensível e confortável.
A suspensão dianteira Duolever da BMW Motorrad combina funcionalidades que até agora eram incompatíveis, nomeadamente estabilidade direcional a alta velocidade, excelente maneabilidade, direção precisa e eficiência de travagem direcionalmente estável a qualquer velocidade.
+ Leia mais

Ainda mais tecnologia em pormenor